Fiat 500e 100 % elétrico chega ao Brasil como ícone da marca

Fiat 500e 100 % elétrico chega ao Brasil como ícone da marca

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 06/08/2021

Hits: 29

Totalmente renovado e com nova plataforma, o Fiat 500e 100 % elétrico chega ao Brasil como ícone da marca. O compacto está em sua terceira geração e apresenta eficiência, tecnologia e conectividade, com destaque para os sistemas de assistência à condução.

Ícone mundial da marca, o Fiat 500e é o primeiro modelo 100% elétrico da Fiat comercializado no país. Desenvolvido sobre a nova plataforma Mini EV, o veículo está maior, mais conectado, com equipamentos inesperados para o segmento e com um novo estilo, reforçando sua inerente vocação de mudar o ambiente à sua volta.

Entre no nosso podcast

Acesse os vídeos no You Tube

Leia a Revista Frete Urbano

O 500 elétrico será comercializado no Brasil na versão Icon em dez concessionárias de nove cidades: Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Campinas (SP), São Paulo (SP) com duas lojas, Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Recife (PE).

Fiat 500e 100 % elétrico chega ao Brasil como ícone da marca

O novo veículo recebeu um logotipo dedicado, que aparece no centro do emblema frontal pela primeira vez. O atual logo na parte traseira mantém seu vínculo com o passado, embora transformado na configuração elétrica: diferenciada e embelezada por uma borda em azul claro, com um design e cor que transforma o zero final na letra “e”.

O 500 elétrico é imediatamente identificado pelo grupo óptico com faróis e milhas redondos agora Full LED, destacando-se pelo DRL no capô como se fossem “sobrancelhas”, faróis com o efeito Espelho Infinito e luzes de direção no para-choque.

A nova iluminação em LED também está nas lanternas. A traseira dispõe do clássico bagageiro e um novo spoiler, agora ainda mais acentuado, que aperfeiçoa a eficiência aerodinâmica.

Sem abrir mão de sua tradicional proporção, o novo veículo cresceu suas dimensões em 61 mm no comprimento, 22 mm entre os eixos, 57 mm na largura e 29 mm na altura, privilegiando o espaço interno, mas mantendo o modelo compacto e ágil na cidade. Rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento escuro garantem um visual dinâmico mais ousado.

Nova grade frontal, inserções cromadas na moldura das janelas e badges laterais e adoção do fecho eletrônico em vez do mecânico, dando a oportunidade de redesenhar a maçaneta, agora totalmente integrada com uma solução inteligente dentro da porta, são outros elementos de destaque e elegância, que aumentam a percepção de qualidade no visual do modelo.

Por dentro as linhas horizontais enfatiza o aumento real do espaço interno. Apesar de o design ser completamente novo, os ocupantes poderão reconhecer a interpretação contemporânea do estilo atemporal do modelo. A inserção do painel, o volante de dois raios e o cluster arredondado fazem uma conexão clara com o veículo original de 1957.

Com concepção de última geração, um sistema de infoentretenimento com uma grande tela sensível ao toque de 10,25” no formato wide, combinado com um cluster digital TFT de 7”, fornece conectividade e informações para uma experiência única do usuário.

As soluções de armazenamento modular entre os dois bancos dianteiros, onde o câmbio estava originalmente localizado, melhorou significativamente o conforto percebido. Um novo console central surpreendente oferece armazenamento de 5,7 litros, um porta-copos atrás e um porta-copos adicional retrátil na frente, juntamente com um novo apoio de braço para maior conforto de condução.

O piso plano que abriga as baterias de íons de lítio não compromete a capacidade do porta-malas, que permanece inalterada (185 l). O resultado é um ambiente bem pensado e com menos botões.

Neste sentido, a maçaneta mecânica tradicional desaparece, substituída pelo botão e-latch. O painel da porta foi pensado em torno desta novidade, o que dá uma percepção da tecnologia e um visual mais racional e essencial.

Ideal para o uso urbano, o compacto possui três modos de condução: Normal, Range e Sherpa, que podem ser selecionados no console central, combinando com o seu estilo de condução.

Normal: oferece um estilo de direção mais próximo à experiência tradicional de condução. Toda a potência e torque do sistema de tração estão disponíveis. O veículo desacelera com efeito de freio motor, como em um veículo convencional, carregando parcialmente a bateria. Esse modo apresenta a função “Creeping”, no qual o veículo inicia seu movimento ao liberar o pedal do freio;

Range: ativa a função “One Pedal Driving”. Melhora a recuperação da energia, a desaceleração aumenta e o freio é usado apenas para emergências ou para parar completamente o carro: na prática o veículo é usado basicamente com o pedal do acelerador. Ao selecionar este modo de condução, o motorista maximiza a frenagem regenerativa e, portanto, também o alcance;

Sherpa: ajusta vários parâmetros de condução, como velocidade máxima (limitada a 80 km/h), resposta do acelerador (reduzir o consumo de energia) e desativação do ar-condicionado e sistemas auxiliares de aquecimento (vidros e retrovisor) para reduzir ao mínimo o consumo e, assim, garantir que o condutor alcance o destino definido no sistema de navegação ou na estação de carregamento mais próxima.

Para um veículo de sua categoria, o 500 elétrico apresenta uma autonomia excelente de 320 quilômetros, cobrindo, com folga, o deslocamento médio diário de cerca de 30 quilômetros. Testes realizados pela Fiat no Polo Automotivo de Betim (MG) indicaram que o carro pode chegar a 460 km de autonomia rodando em condições ideais. Para se ter uma ideia do que isso representa, comparado a um motor a combustão, essa autonomia equivaleria a um consumo médio acima de 62 km/l de combustível.

O motor elétrico entrega 87 kW, o que equivale a 118 cavalos de potência a 4.200 rpm. O que mais impressiona, entretanto, é o torque, que atinge surpreendentes 220 Nm. Isso faz com que o Fiat 500 elétrico necessite de 9 segundos para atingir 100 km/h, e com uma retomada de 60km/h a 100 km/h em 4,8 segundos.

Sinônimo de emoção, o 500 elétrico, independentemente do modo de condução, guarda outras surpresas. No que se refere aos sons, mais uma característica inédita do novo veículo: o Sistema de Alerta Acústico de Veículos (AVAS), um aviso acústico para pedestres e ciclistas em velocidades de até 20 km/h. A partir de 25 km/h, o som escolhido não é um sinal acústico comum, mas sim Amarcord, de Nino Rota, exemplo da mais autêntica criatividade italiana.