Peugeot Boxer Cargo com PBT de 3,5 T pode ser dirigido com CNH B

Peugeot Boxer Cargo com PBT de 3,5 T pode ser dirigido com CNH B

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 15/06/2021

Hits: 7

Seguindo a demanda do segmento, a Peugeot Boxer Cargo com PBT de 3,5 T pode ser dirigido com CNH B. O modelo que faz parte da gama de Veículo Utilitário Leve da marca, ganha essa nova versão para ampliar a versatilidade do modelo.

Segundo a marca, a categorização da Boxer Cargo como automóvel também a isenta de zonas de restrição de circulação de veículos pesados, cada vez mais comuns nos centros urbanos. Essas possibilidades permitem que, por exemplo, microempresários otimizem sua logística ao mesmo tempo que viabiliza a contratação de funcionários sem CNH de categorias superiores.

Entre no nosso podcast

Acesse os vídeos no You Tube

Leia a Revista Frete Urbano

A nova Peugeot Boxer Cargo conta com a mesma arquitetura moderna e funcional do restante da gama, oferecendo mais facilidade, agilidade e proporcionar maior rentabilidade durante seu uso no dia a dia. A distância entre caixas de roda de 1.422 mm e a largura interior máxima de 1.870 mm asseguram uma ampla diversidade e versatilidade de utilização de cargas. A porta lateral deslizante conta com 1.562 mm e garante acesso fácil ao compartimento de carga e a colocação de materiais até mesma com a utilização de empilhadeiras. As portas traseiras têm abertura de até 270º, característica que possibilita uma movimentação tranquila ao redor do veículo.

Peugeot Boxer Cargo com PBT de 3,5 T pode ser dirigido com CNH B

A ergonomia é outro destaque na nova Peugeot Boxer Cargo, totalmente pensada a serviço da utilização profissional do habitáculo. Fato que torna a direção do veículo uma experiência diferenciada. O conforto e ergonomia dos assentos, tanto para os passageiros, quanto para o motorista foi desenvolvido para garantir o máximo de conforto e menor desgaste ao condutor e passageiros. Os assentos são equipados com encostos para cabeça removíveis e reguláveis em altura, assim como um apoio de braço, e, para o banco do condutor, regulagem específica para a lombar.

Para a posição do condutor, o painel elevado traz maior conforto e praticidade e deixa todos os comandos, alertas e indicadores em uma posição de fácil visualização e acesso. O motorista ainda encontrará um descanso de braço do seu lado direito, equipamento que ajuda a minimizar o desgaste gerado pelas longas jornadas no trânsito intenso.

Em questão de praticidade, a versão dispõe de 10 porta objetos instalados por toda a cabine, com destaque para o porta-luvas fechado com chave. Há também um segundo porta-luvas sem chave, além dos porta-objetos situados no console central e nas portas. Há ainda um avantajado espaço, com capacidade para até 22 litros de volume útil, na parte superior da cabine. Ele está estrategicamente localizado e privilegia a descrição em relação a quem está do lado de fora do veículo, primando pela segurança das cargas condicionadas no local.

O painel conta com duas tomadas ao centro, uma de 12V e outra USB, além de botões de travamento de portas independentes, ar-condicionado e ventilação. Acima, o veículo oferece uma presilha que permite transformar o console do furgão em uma prática escrivaninha, que se mantém sempre ao alcance dos olhos e das mãos do motorista.

Peugeot Boxer Cargo com PBT de 3,5 T pode ser dirigido com CNH B

Tecnicamente, a nova Boxer Cargo é rigorosamente igual à versão Furgão, o que quer dizer que os atributos que levaram esta última ao incontestável sucesso no segmento de VULs foram mantidos. O motor 2.0 Turbo Diesel BlueHDi de 130 cv e 34,7 kgfm é um sinônimo de robustez, confiabilidade e, por consequência, de baixo custo de manutenção. Econômico, trabalha atrelado a uma caixa de câmbio manual de seis marchas de funcionamento suave e igualmente confiável. Na prática, o conjunto motor/câmbio atende às exigências com total desenvoltura, não importando o que se transporte no compartimento de carga com volume de 13m³.

A suspensão – dianteira independente é tipo Pseudo McPherson, com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora, enquanto a traseira é composta por um eixo rígido com molas semielípticas e amortecedores hidráulicos – tem acerto primoroso e garante estabilidade sem comprometer o conforto de rodagem e a segurança para os ocupantes e até para as cargas mais frágeis, não importando a condição de rodagem: vazio ou carregado.

Os freios são igualmente bem calibrados. Com discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, a nova Boxer Cargo entrega segurança mesmo transportando os seus 1.311 kg de carga máxima.

A nova versão, assim como em toda a linhas Boxer, se destaca dos concorrentes por ser um veículo completo nos quesitos de tecnologia e itens de série presentes como ar-condicionado; assistência de partida em rampa; duplo airbag (inclusive para o passageiro); ESP (Controle de Estabilidade); abertura 270º da porta traseira e retrovisores elétricos, computador de bordo e GSI (indicador de troca de marchas), faróis com regulagem de altura de facho; vidros e travas elétricas, porta luvas refrigerado, travamento seletivo do compartimento de carga, banco do motorista e volante com regulagem.