Citroën Ë-Jumpy e Peugeot e-Expert são os novos elétricos do transporte

Citroën Ë-Jumpy e Peugeot e-Expert são os novos elétricos do transporte

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 30/11/2021

Hits: 52

Voltados para o segmento de transporte urbano, os modelos Citroën Ë-Jumpy e Peugeot e-Expert são os novos elétricos do mercado nacional. Os modelos representam os primeiros veículos da Stellantis que fazem parte do plano de eletrificação para as marcas Citroën e Peugeot aqui no Brasil.

Entre no nosso podcast

Acesse os vídeos no You Tube

Leia a Revista Frete Urbano

Ambos os veículos são furgões do tipo médio, sendo 100% elétrico, ou seja, com zero emissões de CO2 e chegam com valor sugerido de R$ 329.990. Os furgões oferecem autonomia de até 330 km e permitem pessoas habilitadas com a CNH de categoria B conduzirem o veículo. O tempo de recarga rápida de até 80% é de em 45 minutos.

Citroën Ë-Jumpy e Peugeot e-Expert são os novos elétricos do transporte

Citroën Ë-Jumpy

Em relação à capacidade de carga, o Citroën Ë-Jumpy oferece volume de carga de 6,1m3 e 1 tonelada de capacidade de carga, e se posiciona como um veículo propício para a distribuição urbana de insumos. A largura útil de 1,25m entre as caixas de rodas, que permite o transporte de paletes por exemplo.

O modelo tem fácil manuseio de carga por conta das portas traseiras com abertura 180° e de uma porta lateral deslizante. Além disso, tem altura de 1.94m, o que garante acesso em lugares com espaço reduzido e todos os tipos de garagem.

Peugeot e-Expert

O lançamento deste utilitário elétrico faz parte do movimento global da marca no Brasil, denominado de Move to Eletric, que já tem o esportivo e-208 GT na linha.

O e- Expert oferece conforto, por meio de uma concepção de produto que possibilitou a ausência de ruídos e vibrações, características atribuídas ao trem de força elétrico e a uma condução suave e com excelente torque disponível imediatamente; um rodar “limpo”, sem qualquer emissão de CO2 e um produto prático, de fácil recarga e baixo custo de manutenção. Tudo isso somado a todas as qualidades herdadas do modelo a combustão, e a adição de mais tecnologia e equipamentos embarcados.

 

Eletrificação

Os modelos compartilham a parte de tecnologia e mecânica, sendo desenvolvidos na plataforma modular multienergia EMP2. São oferecidos em versão única, equipado com conjunto de baterias de íons de lítio de 75 kWh e OBC de 11kW trifásico, que garantem autonomia suficiente para que o veículo percorra até 330 km com carga completa em consumo de ciclo urbano no Brasil, segundo INMETRO.

O uso desta plataforma modular permitiu a introdução do conjunto de baterias abaixo do assoalho, garantindo a preservação do volume útil na versão elétrica. As baterias armazenam e fornecem a energia necessária tanto para o funcionamento do motor elétrico quanto para os equipamentos disponíveis no modelo.

Já a performance é garantida por um motor elétrico, que entrega 260 Nm de torque imediato (26,5 kgfm) e 136 cavalos de potência (100 kW).

No cockpit, apresentam, cada um com suas particularidades de cada marca, um moderno painel de instrumentos, nomeado de e-cluster, apresenta informações do velocímetro em uma tela digital colorida de 3.5”, além do modo de condução, marcha selecionada, nível de carga da bateria e consumo de energia.

No console central trazem o e-Toggle, um seletor de marchas com as funções Park (estacionamento), Rear (marcha a ré), Neutral (neutro) e Drive (condução). Há ainda o botão B-Mode, que ativa a função de frenagem regenerativa para preservar ou carregar parcialmente as baterias, além de diminuir o desgaste das pastilhas de freio.

Uma central multimídia com tela touchscreen capacitiva de 7” pode ser adicionada para garantir entretenimento e conectividade ao modelo. O item opcional é compatível com Android Auto e Apple Carplay e dispõe de câmera de ré com visão 180° e vista superior do veículo (Visio Park).