Citroën ë-Jumpy Hydrogen oferece 400 km de autonomia

Citroën ë-Jumpy Hydrogen oferece 400 km de autonomia

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 10/06/2021

Hits: 3

Apresentado na Europa, Citroën ë-Jumpy Hydrogen oferece 400 km de autonomia e menos de 3 minutos para o abastecimento de hidrogênio. O modelo que faz parte do portfólio de veículos comerciais leves da marca, tem funcionamento por meio da associação de baterias com uma célula de combustível de hidrogênio.

Entre no nosso podcast

Acesse os vídeos no You Tube

Leia a Revista Frete Urbano

“O ë-Jumpy Hydrogen veio completar nossa gama de veículos utilitários leves. Com sua arquitetura que combina célula combustível de hidrogênio e bateria, nosso furgão reúne o melhor das duas tecnologias. Os diferentes componentes foram integrados de forma inteligente, de modo a não afetar a capacidade de carga do veículo, um parâmetro essencial para os profissionais do segmento. O ë-Jumpy Hydrogen atende às necessidades e às utilizações dos profissionais, com uma autonomia de mais de 400 km, um menor impacto da temperatura externa sobre a autonomia, um tempo de carga de apenas 3 minutos e uma maior capacidade de recuperar a energia nas desacelerações” – Laurence Hansen – Diretora de Produto e Estratégia da Citroën

O ano de 2021 marcou o desenvolvimento de novas energias na Citroën, com o ë-Jumpy Hydrogen, e novos conceitos, com My Ami Cargo, para oferecer, já a partir deste ano, a gama mais completa do mercado. Desde 1928 a Citroën vem inovando constantemente para se adaptar às evoluções da sociedade e proporcionar mais serenidade e facilidade ao dia a dia dos profissionais.

A tecnologia de hidrogênio vem completar a oferta de veículos utilitários elétricos na Europa para atender às necessidades de utilização de 8% das empresas que precisam fazer trajetos superiores a 300 km ou que não têm tempo de recarregar seus veículos durante o dia. Assim, a Citroën poderá atender a todas as necessidades do segmento.

O ë-Jumpy Hydrogen, furgão elétrico com célula de combustível e baterias recarregáveis, é o primeiro modelo da Citroën a adotar essa nova energia. A integração da nova tecnologia foi feita de modo a preservar o volume útil e a capacidade de carga do veículo.

Ele dispõe de uma confortável autonomia de mais de 400 km* e de três tanques de hidrogênio em fibra de carbono com pressão de 700 bar que ficam próximos à bateria sob os bancos dianteiros e que são reabastecidos em apenas 3 minutos. E como ele gera zero emissão de CO2, os clientes poderão continuar a circular livremente nas zonas urbanas regulamentadas.

*Autonomia determinada de acordo com a metodologia do procedimento de testes WLTP (R (EC) n° 715/2007, R (EU) n° 2017/1151)

O ë-Jumpy Hydrogen é totalmente elétrico e conta com duas fontes de energia: uma célula de combustível de 45 kW que produz eletricidade ao consumir o hidrogênio armazenado num tanque de 3 cilindros com pressão de 700 bar, e uma bateria de 10,5 kWh que representa uma reserva de 50 km e entra automaticamente em ação quando o tanque de hidrogênio está vazio.

A célula de hidrogênio garante a autonomia do veículo, enquanto a bateria é solicitada nas fases de transição, como as fortes acelerações ou declives que requerem mais potência. As duas fontes de energia combinadas permitem alimentar o motor e acionar o grupo motopropulsor. Para garantir um nível de carga suficiente, a bateria, que recupera a energia nas fases de desaceleração, se recarrega automaticamente graças à eletricidade produzida pela célula de combustível de hidrogênio. Ela também pode ser recarregada usando um cabo numa estação de recarga de veículos elétricos.

O Jumpy, produzido na fábrica de SevelNord, será convertido no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de células de hidrogênio do Grupo Stellantis, em Russelsheim na Alemanha. Disponível em dois tamanhos, M (4,95 m) e XL (5,30 m), as primeiras unidades do ë-Jumpy Hydrogen deverão ser entregues aos clientes de frotas no outono (europeu) de 2021.