Dicas para ajudar as mulheres a manter os veículos seguros

Dicas para ajudar as mulheres a manter os veículos seguros

Posted by: Flávia Gomes
Em: 08/03/2019

A fabricante de autopeças Nakata dá dicas para ajudar as mulheres a manter os veículos seguros e em boas condições. Marcando presença em todas as atividades econômicas, as mulheres também se tornaram consumidoras importantes, inclusive quando se trata de carro. Além do público feminino já representar mais de 50% do volume das vendas de automóveis, também influencia na compra do automóvel da família.

As mulheres também se preocupam em cuidar do carro. Para facilitar ainda mais a visita à oficina em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, comemorado no dia 08 de março, a Nakata destaca orientações importantes para a manutenção e bom funcionamento do veículo. “A motorista deve ficar atenta ao controle de temperatura do motor do automóvel que aparece no painel e, caso perceba  alguma alteração, verifique, inicialmente, se o nível do líquido de arrefecimento está adequado e o estado de mangueiras, em seguida, a bomba d’água também deve ser analisada”, comenta Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata, ressaltando também a importância da limpeza, periódica, do sistema de arrefecimento e da utilização da proporção correta de água/aditivo para manter o motor na temperatura certa e para proteção de todos os componentes do sistema.

O sistema de suspensão também merece atenção, por isso deve ser feita avaliação de todos os componentes, entre eles, amortecedor, braço oscilante, pivô, batente e barra. “Perda de estabilidade e dirigibilidade, balanço em excesso nas arrancadas, freadas ou ao passar por lombadas ou irregularidades, vazamento de óleo e ruídos podem ser indícios de comprometimento de alguma peça”, alerta.

Outro sistema importante que dever ser revisado é o de frenagem, essencial para manter a segurança no trânsito. “Pedal mais duro pode ser indicador de problema no servo freio. Já se tiver mais baixo, pode ser vazamento no cilindro mestre, pinça de freio, tubulações ou cilindro de roda”, comenta Silva. Ele explica também que a vibração no volante, ao acionar o pedal, pode ser empenamento de disco de freio ou cubo de roda.

A recomendação é sempre levar o veículo a uma oficina de confiança e fazer a manutenção preventiva, segundo o manual do fabricante, já que, além de manter o bom desempenho do veículo e evitar acidentes, custa menos que a manutenção corretiva.