Iveco Daily: dona dos centros urbanos

Iveco Daily: dona dos centros urbanos

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 08/06/2021

Distribuição: Iveco Daily: dona dos centros urbanos. A rotina do transportador urbano de carga está cada dia mais intensa. Um profissional que, na maioria das vezes, começa o dia bem cedo, senta-se na cabine do seu veículo e basicamente dirige durante quase todo seu turno de trabalho.

No seu anda e para habitual, circulando pelas ruas das cidades e em perímetros urbanos, alguns atributos são essenciais para uma produtividade lucrativa e saudável. E a escolha do veículo é o principal deles.

Distribuição: Iveco Daily: dona dos centros urbanos. A rotina do transportador urbano

O transportador atualizado busca e necessita de um veículo robusto, com boa capacidade de carga, que ofereça segurança e conforto. E por que não um visual atrativo e moderno? É o que a Iveco Daily oferece, um veículo urbano de carga na sua essência, largamente apreciado pelos proprietários, que em 2020 ganhou um novo desenho externo e recursos tecnológicos indispensáveis para a distribuição urbana.

Essa tecnologia reflete em economia lá na frente, o que otimiza o custo operacional do transportador, seja ele autônomo ou um gestor de frotas. Reflete em qualidade de vida, afinal, traz a segurança e conforto que o transportador e seus ajudantes precisam. Reflete em menor custo/benefício, pois minimiza as manutenções. É abastecer e rodar, dizem os motoristas.

Quando implementado com baú carga seca, a Iveco Daily 35 150 Chassi Cabine é o veículo a ser batido. Com capacidade de até 4,2 toneladas, uma característica muito importante é que pode ser dirigida com habilitação tipo B, a mesma usada para veículos de passeio, e têm livre circulação em grandes centros urbanos, onde caminhões maiores não podem entrar.

Visual moderno e interior confortável

A primeira impressão que se tem da Daily é de um veículo bonito, moderno e robusto. Afinal, o fato de ser um veículo de carga não significa que a atratividade visual tenha que ser deixada de lado.

Seu desenho foi remodelado, já com aquele estilo da linha europeia, ganhou refinamento na aerodinâmica, uma nova grade frontal, faróis com novo formato, assim como as luzes de posição e farol de neblina.

Com foco na operação do cliente, um novo para-choque dianteiro tripartido foi incorporado, para que em casos de colisões leves, possa ter o custo de reparo mais baixo. A cabine também recebeu alterações, e internamente, ergonomia e dispositivos de tecnologia entraram em cena.

Distribuição: Iveco Daily: dona dos centros urbanos. A rotina do transportador urbano

A sensação de estar dirigindo um automóvel é bastante presente na Daily, o que deixa o motorista em uma posição mais confortável, além de facilitar na hora das manobras, e alavanca do câmbio no painel deixa as trocas de marchas mais próximas da mão do motorista.

O veículo combina um painel de instrumentos funcional, com ações de controle de cruzeiro, limitador de velocidade, e mensagens de manutenção, com um computador de bordo que traz dados indispensáveis para melhorar a eficiência da operação.

Entre no nosso podcast

Acesse os vídeos no You Tube

Leia a Revista Frete Urbano

O modelo oferece ainda vidros, espelhos e travas elétricas, e ar-condicionado digital. Itens de conforto que certamente deixam a rotina do transportador mais agradável durante o trabalho. Quando se fala em conforto nesse segmento de veículos, o resultado reflete diretamente na produtividade e na qualidade da distribuição, ou seja, melhor custo de operação.

Por isso, a Iveco ainda colocou à disposição do motorista de Daily o sensor de ré, que facilita demais nas manobras. Funcionalidade e conectividade, tudo para ajudar o dia a dia do transportador e acaba refletindo no quesito segurança: volante com comando de telefone e voz.

Distribuição: Iveco Daily: dona dos centros urbanos. A rotina do transportador urbano

O profissional do transporte urbano conta ainda com uma central multimídia, com tela de sete polegadas, funções ativadas pelo reconhecimento de voz, tela touchscreen, e compatibilidade com Android Auto e Apple Car Play. Podemos até fizer que a Iveco Daily é um VUC premium, com todas essas funcionalidades.

No final do dia, são os detalhes da primazia em acabamento e recursos disponíveis que contam, voltando para a questão da saúde de motoristas e ocupantes. Um modelo que não cansa dirigir, oferece ótima visibilidade e bom espaço interno para aquela sensação de escritório sobre rodas.

Desempenho e força na distribuição

Ao abrir o capô, o transportador encontra o motivo da performance da Iveco Daily 35 150: o motor da família F1 da FPT Industrial, de 3 litros, turbo-intercooler, equipado com injeção Common Rail de última geração e sistema EGR de conversão de gases, ou seja, não precisa usar o Arla.

O resultado é um torque mais forte mesmo em baixas rotações, mesmo quando está carregada, entregando a potência máxima de 146 cv a 3.500 rpm e torque de 350 Nm na faixa de 1.400 a 2.900 rotações. A transmissão é mecânica, com acionamento manual a cabo, e 6 marchas sincronizadas à frente e uma à ré.

Para aguentar o tranco, com carga máxima, o chassi tem longarinas planas em perfil “C” de 5mm. Reforçado e pronto para implementar. Com duas opções de entreeixos de 3.450 e 3.750 mm, o PBT (Peso Bruto Total) vai pode ser de 4.200 e 3.500 Kg, respectivamente.

Na sopa de letrinhas da Iveco Daily 35 150, um verdadeiro arsenal para a segurança: sistema de freios com disco nas quatro rodas, sistema de estabilidade ABS + EBD + ESP + VDC, mais tecnologia no sistema de frenagem, ESP adaptativo – sistema que controla a dinâmica e a estabilidade do veículo, controle de tração e Hill Holder (assistência de partida em rampas, luzes diurnas de rodagem (DRL) e airbag duplo (motorista e passageiros).

Quando se fala de manutenção, a Daily tem uma rede que apoia o transportador, são mais de 77 pontos espelhados por todo país. Com as revisões feitas em dia, a confiabilidade é muito alta. E se precisar de peças para reposição, originais e com toda a garantia, a maioria delas foram mantidas do modelo anterior, o que baixa custos e facilita na disponibilidade.