Linha de cubos de roda da Cofap é ampliada com 12 códigos

Linha de cubos de roda da Cofap é ampliada com 12 códigos

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 21/09/2021

Hits: 54

A Marelli Cofap Aftermarket anuncia que a linha de cubos de roda da Cofap é ampliada com 12 códigos. Dessa maneira, a marca incrementa o catálogo de produtos, que possui mais de 150 códigos, com mais de 700 aplicações, para cobrir cerca de 95% da frota circulante.

Segundo a Marelli, o conjunto do cubo da roda é responsável por manter a roda fixada ao veículo. É posicionado entre o eixo e os tambores ou discos de freio e permite que as rodas girem livremente. São divididos em 1ª, 2ª e 3ª geração, com e sem rolamentos, com e sem ABS, sendo que os de primeira geração são mais comumente encontrados nas rodas dianteiras e sem rolamento acoplado, enquanto os de 2ª e 3ª gerações são aplicados nas rodas dianteiras e traseiras e podem ter rolamentos acoplados.

Entre no nosso podcast

Acesse os vídeos no You Tube

Leia a Revista Frete Urbano

Uma das funções do conjunto do cubo da roda é transmitir o torque das juntas homocinéticas para as rodas, além de ser fundamental para o sistema de direção, contribuindo para uma condução segura do veículo.

Linha de cubos de roda da Cofap é ampliada com 12 códigos

O conjunto do cubo da roda também é essencial para o sistema antibloqueio dos freios (ABS) e para o sistema de controle de tração (TCS). Além dos rolamentos, os conjuntos do cubo contêm o sensor de velocidade da roda que controla o sistema de freios ABS do veículo. O sistema de controle de tração também usa os sensores do ABS para operar. Se esse sensor falhar, ele pode comprometer o sistema antibloqueio de frenagem e o sistema de controle de tração.

Os sinais mais perceptíveis de que um cubo de roda necessita de revisão são: ronco, zumbindo, chiado acima de 50 km/h; vibração do volante durante a condução e a luz do ABS acender, o que indica que o sensor não está lendo corretamente ou o sinal foi perdido. É perigoso dirigir com um cubo de roda avariado.

À medida que os rolamentos dentro do conjunto se desgastam, as rodas giram com mais dificuldade, causando trepidação. Além disso, se o conjunto do cubo se degradar, em casos extremos pode ocorrer a quebra, fazendo com que a roda se solte. Se houver suspeita de que o conjunto do cubo da roda está com defeito, leve o veículo ao mecânico de sua confiança para manutenção.

Os cubos de roda da Cofap são fabricados em aço forjado, possuem tratamento térmico e, assim como todo o portfólio da Marelli Cofap Aftermarket, são devolvidos de acordo com as especificações dos produtos genuínos, entregando ao mercado de reposição produtos com a mesma performance, qualidade e confiabilidade das peças originais.

As novas aplicações da linha de cubo de rodas atendem veículos das montadoras Chevrolet, Fiat, Ford, Honda, Hyundai e Toyota. Confira os novos códigos:

  • CRC03030: Fiat Toro 4×2 2016/… – traseiro com rolamento;
  • CRC03031: Fiat Toro 4×4 2016/… – traseiro com rolamento;
  • CRC04021: GM S-10 2012/2016 e Trailblazer 2012/2016 – dianteiro com rolamento/ sem ABS;
  • CRC04022: GM S-10 2012/2016 e Trailblazer 2012/2016 4×2 – dianteiro com rolamento/ com ABS;
  • CRC04023: GM S-10 2012/2016 e Trailblazer 2012/2016 4×4 – dianteiro com rolamento/ com ABS;
  • CRC08018: Ford Focus Hatch e Sedan 1.6 e 2.0 2014/2019 – dianteiro sem rolamento;
  • CRC10011: Honda CR-V 4×2 2007/2011 – traseiro com rolamento;
  • CRC10013: Honda HR-V 2016/… – traseiro com rolamento;
  • CRC10014: Honda WR-V 2017/2019 – traseiro com rolamento;
  • CRC22033: Toyota Etios 2012/2018 – dianteiro esquerdo com rolamento/ com ABS;
  • CRC22034: Toyota Etios 2012/2018 – dianteiro direito com rolamento/ com ABS;
  • CRC32012: Hyundai Creta 2017/… – traseiro com rolamento