Mercedes-Benz Classe A chega ao Brasil com nova versão

Mercedes-Benz Classe A chega ao Brasil com nova versão

Posted by: admin
Em: 25/01/2019

Hits: 11

Equipada com motor 4 cilindros turbo com dois litros e 225 cv, o novo Mercedes-Benz Classe A chega ao Brasil com nova versão A 250 Vision. O modelo foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo na versão Launch Edition, limitada a 100 unidades.

Mercedes-Benz Classe A chega ao Brasil com nova versão

A marca afirma que o novo Classe A ficou maior e mais confortável. Segundo a Mercedes-Benz, o modelo redefine completamente o conceito de luxo moderno na categoria dos compactos e revoluciona o design interior. Tecnologicamente, o novo Classe A não apenas assume a primeira posição na categoria, além do inovador sistema MBUX – Mercedes-Benz User Experience, ele também oferece uma variedade de funções que anteriormente eram reservadas às classes superiores.  O modelo conta também com faróis em LED.

“Com o MBUX, a Mercedes-Benz permite uma nova interação entre o motorista e o automóvel. Funcional e intuitivo, o sistema oferece a experiência de condução de um ‘celular sobre rodas’, além de conectar-se com todos aspectos da vida e do comportamento do cliente”, afirma Holger Marquardt, managing director Marketing e Vendas Automóveis América Latina e Caribe.

O motor que equipa o Classe A é de quatro cilindros com 224 cv e 350 Nm de torque e com transmissão de dupla embreagem 7G-DCT de sete velocidades. O motor M 260 tem dois litros de cilindrada. Novos equipamentos incluem o comando CAMTRONIC para o eixo das válvulas de admissão. O motor a gasolina traz de série o filtro de partículas. Além disso, o modelo conta com uma nova transmissão 7G-DCT de dupla embreagem com sete velocidades.

O design dianteiro do novo Classe A conta com faróis alongados com elementos cromados. A grade do radiador com a estrela da Mercedes-Benz traz uma lâmina prateada central.

Segundo a marca, os arcos das rodas de 18 polegadas com cinco raios reforçam a esportividade do novo A 250 e fazem com que ele tenha ainda mais equilíbrio estrada. O modelo tem um visual mais largo na traseira, graças a uma área envidraçada mais acinturada que também ressalta os ombros e aos refletores traseiros mais espaçados no para-choques modular de duas seções.

Com um valor de cd equivalente a 0,25 e área frontal (A) de 2,19 m², o novo Classe A é o líder de seu segmento em aerodinâmica e melhor que seu antecessor (cd 0,26/área frontal de 2,20 m²).

A versão A 250 Vision conta também acabamento do painel com visual de fibra de carbono escurecida, suspensão comfort e opção da cor Bege Macchiato, além da cor preta, para o revestimento dos bancos em ARTICO.

O interior do novo Classe A está completamente redefinido: pela primeira vez foi totalmente eliminada a presença de uma cobertura acima do cockpit. Em consequência, o corpo principal do painel em formato de asa se estende de uma porta dianteira à outra sem nenhuma descontinuidade visual.  O painel é dividido em duas seções tridimensionais horizontais: a inferior é separada do corpo principal do painel. O display completamente independente é oferecido com duas telas de 10,25 polegadas (17,78 cm).

O novo Classe A é o primeiro modelo da Mercedes-Benz a apresentar o novo sistema multimídia inteligente e intuitivo MBUX – Mercedes-Benz User Experience.  Um dos principais elementos de destaque é o cockpit Widescreen de alta resolução com diversas possibilidades de operação: por meio do volante multifuncional, do “touchpad” no console central, via toque no próprio display de mídia ou o inovador controle vocal inteligente com reconhecimento da fala natural, ativado por meio das palavras-chave “Olá”, “Oi” ou “E Aí” seguidas por “Mercedes”. Funções como ajuste do ar condicionado, escolha de uma estação de rádio e abertura da persiana do teto-solar podem agora ser facilmente acessadas por meio do comando de voz.

A capacidade do compartimento de bagagem atrás dos bancos traseiros é 370 litros – 29 litros mais do que no modelo anterior. Graças às lanternas traseiras divididas em duas partes, a abertura de carga é 20 cm mais larga do que antes e o assoalho do porta-malas, 11,5 cm mais longo. O conceito de armazenagem é igualmente prático: o compartimento porta-objetos no console central à frente da alavanca de câmbio foi aumentado consideravelmente. Um esforço muito especial foi dedicado à melhora da visibilidade ao redor do veículo. No total, a área bloqueada pelas colunas foi reduzida em 10 por cento em comparação ao modelo anterior.