Mercedes-Benz do Brasil inaugura nova linha de caminhões

Mercedes-Benz do Brasil inaugura nova linha de caminhões

Posted by: admin
Em: 29/03/2018

Hits: 10

Em mais um passo rumo à implantação do conceito de Indústria 4.0 no país, a Mercedes-Benz do Brasil inaugura nova linha de caminhões, em sua fábrica de São Bernardo do Campo (SP).

“Assim como sempre aconteceu em sua trajetória de mais de 60 anos no Brasil, nossa Empresa é a primeira do segmento de veículos comerciais a inaugurar uma linha de montagem de caminhões inovadora, que já nasce dentro do conceito de Indústria 4.0. Na Mercedes-Benz do Brasil já estamos vivendo o futuro”, ressalta Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina. “É natural que a quarta revolução industrial chegue ao País por meio da nossa marca. Mais uma vez, estamos revolucionando a história da indústria automobilística brasileira”.

Mercedes-Benz do Brasil inaugura nova linha de caminhões
Mercedes-Benz do Brasil inaugura nova linha de caminhões

Com equipamentos, ferramentas, processos e tecnologias de última geração, a nova linha de montagem faz parte de um investimento de R$ 500 milhões aplicados na fábrica de São Bernardo desde 2015. Foram três anos de construção de um prédio totalmente novo que concentra a montagem de caminhões, desde os leves aos pesados, e a logística de peças, num sistema moderno, integrado e inteligente de produção. Segundo a Mercedes-Benz, nesse espaço, a tecnologia digital e a hiperconectividade asseguram altos padrões de qualidade e produtividade, além de ampla flexibilidade para atendimento às demandas do mercado. O colaborador, por sua vez, está totalmente integrado às tecnologias e aos processos inovadores de produção e logística.

“Depois de anunciar o investimento de R$ 500 milhões na fábrica do ABC paulista, agora chegou a hora de entregarmos essa linha para nossos colaboradores e também para os nossos clientes, que contarão com produtos produzidos com a mais alta tecnologia. Aliás, as tecnologias inovadoras da indústria 4.0 serão expandidas a todos os nossos processos produtivos, como às linhas de agregados (motores, câmbios e eixos) e à fabricação de chassis de ônibus em São Bernardo do Campo, como também à planta de Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde produzimos cabinas e os caminhões Actros”, diz Philipp Schiemer. “Tudo isso está programado dentro do investimento de R$ 2,4 bilhões que anunciamos recentemente para os próximos cinco anos, até 2022”.

De acordo com o executivo, além de revolucionar a indústria de veículos comerciais no País, a nova linha de montagem é inovadora também para o Grupo Daimler. “Com essa iniciativa, está nascendo aqui no Brasil uma das fábricas de caminhões mais modernas do mundo”, afirma Philipp Schiemer. “Isso é motivo de orgulho, satisfação e alegria para todos nós, colaboradores da Mercedes-Benz do Brasil. É uma conquista histórica, alcançada mesmo diante dos desafios e obstáculos impostos pela crise econômica pela qual passou o Brasil nos últimos anos. Com o investimento em nossa Fábrica 4.0, reafirmamos a confiança da Mercedes-Benz na retomada do crescimento econômico do País e na sustentabilidade do mercado de veículos comerciais”.

Mercedes-Benz do Brasil inaugura nova linha de caminhões

A tecnologia digital, a hiperconectividade e o armazenamento de grandes volumes de dados na nuvem – elementos da Indústria 4.0 fortemente aplicados à nova linha de montagem de caminhões da Mercedes-Benz – também já estão presentes na interação da produção com outras áreas da Empresa em São Bernardo do Campo e na planta de Juiz de Fora. A essas características irão se juntar o uso cada vez mais intenso da Internet das Coisas e das ferramentas virtuais de análise de dados em tempo real. A quarta Revolução Industrial coloca, portanto, o colaborador da Empresa no comando das tecnologias, ajudando a gerar dados que, em um futuro muito breve, serão usados para trazer mais inteligência às operações. É dessa forma que a Mercedes-Benz está revolucionando a forma de produzir caminhões no Brasil.

A nova linha de montagem de caminhões já traz, inclusive, ganhos para a empresa. “Ela é 15% mais eficiente em termos de produção do que a anterior”, diz Philipp Schiemer. Além disso, alcançaremos 20% de ganho de eficiência logística, graças a exemplos como a redução de armazéns de peças de 53 para 6, ao aumento do percentual de entrega de peças diretas na linha de 20% para 45%, e à redução do armazenamento de componentes de 10 dias para no máximo 3 dias. Tudo isso se traduz em maior agilidade, eficiência e produtividade e nos deixa muito entusiasmados frente a muitos outros ganhos que ainda temos a somar com a evolução constante dessa nova fábrica”.

Mercedes-Benz do Brasil inaugura nova linha de caminhões

Outro aspecto que merece reconhecimento, é que os próprios colaboradores tiveram participação decisiva na concepção do ambiente de trabalho da nova linha de montagem de caminhões, que oferece melhor ergonomia e segurança, trazendo reflexos muito positivos em produtividade.

Desde as etapas de projeto, muitos colaboradores foram ouvidos sobre a nova linha de montagem de caminhões e eles seguem dando sugestões constantemente sobre a forma de se trabalhar. “Ou seja, ‘As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve’ é o lema que nos move com os nossos clientes. Aqui dentro, em nossa empresa, os colaboradores falam e a Mercedes-Benz também ouve”, ressalta Schiemer.

Além de ouvi-los, a empresa também treina os seus profissionais. Todos os montadores e operadores estão sendo treinados para os novos processos e os novos recursos e ferramentas de trabalho, que também são de última geração, com avanços que contribuem para o aprimoramento das equipes. “Basta olhar para o novo ambiente de trabalho, mais claro, organizado e inteligente. Tudo foi pensado para melhorar a ergonomia dos montadores e proporcionar mais qualidade de vida e segurança para cada um deles”, afirma Philipp Schiemer. “É por isso que fizemos questão de ouvir os colaboradores que trabalham aqui desde o início do projeto, nos dizendo, melhor do que ninguém, o que seria melhor para eles. Dessa forma, estamos mais produtivos e mais eficientes para atender nossos clientes”.