Polo Automotivo Jeep® comemora quatro anos de operações

Polo Automotivo Jeep® comemora quatro anos de operações

Posted by: Flávia Gomes
Em: 21/05/2019

Localizado em Goiana (PE), o Polo Automotivo Jeep® comemora quatro anos de operações. O unidade já produziu 600 mil veículos e segundo informações da marca, o ritmo de produção chegou a marca de 1 mil veículos por dia. Da planta saem o Jeep Renegade, o Jeep Compass e o Fiat Toro.

“O Polo Automotivo Jeep, em Goiana, é a mais moderna unidade fabril da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) no mundo e um verdadeiro modelo global em termos de produtividade, inovação e padrões de qualidade”, afirma Antonio Filosa, presidente da FCA para a América Latina, que participou do evento de comemoração pelos quatro anos do Polo Jeep oferecido pelo Governo do Estado de Pernambuco nesta quinta-feira, dia 16, no Palácio Campo das Princesas.

Inaugurado em 28 de abril de 2015, o Polo Automotivo Jeep foi desenvolvido dentro do conceito de Indústria 4.0 e incorpora as premissas do World Class Manufacturing (WCM), que consiste em uma série de procedimentos e técnicas utilizadas para garantir a excelência em processos operativos e a qualidade do produto final.

“Nossas operações em Pernambuco são altamente estratégicas para a FCA na América Latina, pois aqui produzimos veículos desejados e reconhecidos pelo consumidor”, comenta Filosa. “Goiana é o ponto de partida para todo esse sucesso.”

Ao comemorar quatro anos de operações com números tão expressivos, Goiana receberá importantes aportes até 2024, dentro do atual ciclo de investimentos da FCA na América Latina. A questão mais estratégica para o futuro do Polo está na redução do importante gap logístico da Região Nordeste, que resulta em ineficiências ao longo de toda a cadeia produtiva.

“A questão é delicada e demanda esforços de todas as partes, desde as diferentes esferas governamentais até o setor privado, mas vemos que há consciência sobre as dificuldades e interesse real em resolvê-las”, comenta Filosa. “Estamos trabalhando para ampliar o Parque de Fornecedores e trazer mais empresas para a região, com o objetivo de amenizar os gargalos e aumentar a eficiência. Isso vai resultar em mais oportunidades de emprego e novos negócios.”