Rede DPaschoal promove o Curso de Mecânica para Mulheres

Rede DPaschoal promove o Curso de Mecânica para Mulheres

Posted by: Flávia Gomes
Em: 12/03/2019

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, durante o mês de março, a rede DPaschoal promove o Curso de Mecânica para Mulheres. Segundo a empresa, a proposta é empoderá-las numa área até recentemente bastante dominada pelos homens. Nos cursos, gratuitos, as motoristas recebem informações básicas sobre as condições gerais dos veículos para que desenvolvam aptidão para cuidar do carro no dia a dia. Somente em 2019, deverão ser capacitadas cerca de cinco mil mulheres.

Lugar de mulher é em toda parte, inclusive nas oficinas mecânicas. Para capacitá-las a cuidar dos seus próprios veículos, principalmente para que conheçam a serventia das peças e quando devem ser trocadas, a DPaschoal vem realizando, desde 1984, um curso gratuito de mecânica para mulheres em sua rede de lojas localizadas nas regiões de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A maioria delas, inclusive, não entendia nada de mecânica quando decidiu trabalhar na loja de serviços automotivos. Por isso, se empenham tanto em fazer com que outras mulheres também aprendam sobre as condições gerais dos veículos e desenvolvam aptidão para cuidar do carro no dia a dia.

Gerente de loja em Campinas, Daiane Pereira acreditava que as peças eram as mesmas para todos os carros. Foi aprender na prática, durante as revisões junto com os mecânicos, a utilidade de cada um dos componentes, seu funcionamento e, também, sanar as dúvidas. Renata Gobbi, gerente em Curitiba, sabia apenas “que o pneu é preto e roda”. O desafio para que Daiane e Renata se tornassem gerentes de lojas de serviços automotivos foi vencido com muito treinamento e reciclagem constantes oferecidos pela empresa.

De acordo com os gerentes das lojas, a procura pelos cursos nos últimos anos tem sido feita por mulheres das mais variadas idades, desde as que acabaram de tirar a CNH – Carteira Nacional de Habilitação – até mães que precisam transportar seus filhos para as diversas atividades, bem como aquelas que não querem ou não podem mais depender de maridos, filhos, genros ou netos.