Coluna Meio Ambiente: Bulgária é bonita por natureza

Coluna Meio Ambiente: Bulgária é bonita por natureza

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 11/10/2017

 

A coluna Meio Ambiente é escrita por Valquiria Stoianoff, jornalista formada pela Universidade Metodista
A coluna Meio Ambiente é escrita por Valquiria Stoianoff, jornalista formada pela Universidade Metodista

Este ano, em minhas férias, decidi viajar e estudar. Unir diversão e aprendizagem. E garanto que a transformação é gigante. Bulgária foi o lugar escolhido e o desafio – aprender a língua búlgara.

E compartilho que aprendi muito mais que o alfabeto cirílico. Já sabia que a Bulgária era o maior produtor de óleo essencial de rosa do mundo. Sabia também que os vinhos búlgaros são maravilhosos e suas uvas têm propriedades únicas.

O famoso iogurte búlgaro também mundialmente reconhecido como um dos melhores. E, nessa viagem, descobri que a Bulgária tem uma das maiores reservas de água mineral do planeta. Sim, não é só o nosso país tropical que é abençoado por Deus. Os búlgaros também são.

A natureza foi extremamente generosa com eles. O país tem praias lindíssimas, montanhas encantadoras e a cereja do bolo são as inúmeras fontes de águas minerais búlgaras (ver box).

Com poderes curativos, conhecidos desde a antiguidade, possui fontes minerais espalhadas de norte a sul do país. Em Sófia, por exemplo, existem fontes em diversos pontos da cidade.  E os búlgaros sabem como ninguém aproveitar essa abundância.

Coluna Meio Ambiente Bulgária é bonita por natureza
Coluna Meio Ambiente
Bulgária é bonita por natureza

O volume anual total de reservas de exploração de água mineral na Bulgária é de 109 milhões de metros cúbicos, mais de 600 fontes moderadas e altamente mineralizadas. A maioria delas é quente. E isso transforma o país em um lugar adequado com resorts climáticos e balneários de renome internacional que tratam doenças cardiovasculares, distúrbios do sistema nervoso e distúrbios metabólicos, doenças articulares degenerativas inflamatórias, entre outras. Perfeita balneoterapia.

Com tantas riquezas naturais, a Bulgária causa inveja em muitos países do mundo. Quem não gostaria de viver em um país com tantas belezas e riquezas naturais.

Sabemos que tomar água só faz bem à saúde. Mas o que descobri nessa viagem é que essa água mineral, além dos poderes curativos, tornam os búlgaros mais saudáveis, mais jovens, mais fortes e mais bonitos.

As fontes minerais búlgaras foram conhecidas e apreciadas por suas propriedades curativas desde os tempos antigos, quando os trácios construíram em torno delas ninfas para terapia de água. Eles acreditavam que a “água silenciosa” soprada era um presente da Grande Deusa – Mãe Terra e Natureza, que submeteu a vibrações cósmicas e, acima de tudo, sacerdotal, adquire poder não-terrenal e poder curativo. Depois, durante a era romana, foram estabelecidos vários centros balneológicos – Augusta Trayana (Stara Zagora), Serdika (Sófia), Medios (Sandanski), Pautalia (Kjustendil), Hissar, Tzozs / Sliven Mineral Baths, Germania (Sapareva Banya). Os resorts balneares búlgaros estão localizados em áreas com climas excepcionalmente favoráveis, um excelente destino para o tratamento de spa durante todo o ano.