Cuidados com a saúde no verão

Cuidados com a saúde no verão

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 04/03/2016

Coluna De olho na saúde é escrita por Thaís Rizzatti, médica anestesiologista

O verão é a época mais aguardada do ano, porém com a sua chegada, alguns cuidados com a saúde devem ser redobrados. O que podemos fazer então para se prevenir e aproveitar ao máximo esse período?

A primeira grande preocupação é com a hidratação adequada, nosso corpo é constituído de aproximadamente 55-60% de água, e no verão há uma perda maior de líquidos e sais minerais, pela transpiração excessiva, esforço físico, etc

E se não repusermos adequadamente essa perda, podemos apresentar desidratação, mais grave em crianças e idosos. Os principais sintomas são: fraqueza, tontura, cansaço, taquicardia, dor de cabeça e boca seca

Portanto, hidrate-se muito bem, carregue sempre uma garrafinha de água, e beba, mesmo quando não estiver com sede, coma frutas ricas em água, evite bebidas com cafeína ou muito açúcar, prefira roupas frescas, de tecidos leves e claros, pratique exercícios físicos antes das 10 ou depois das 16 horas, sempre em locais arejados e com sombra.

 

Use filtro solar

É recomendado usar diariamente o filtro solar, antes de sair de casa, mas na correria do dia-a-dia, acabamos nos esquecendo. Porém no verão, ele é imprescindível, e deve ter proteção mínima de 30, e ser reaplicado a cada 3 horas. A exposição solar excessiva, causa desde envelhecimento precoce até câncer de pele, o mais frequente no nosso país, respondendo a 25% dos casos, estes podem ser benignos até altamente letais. E as áreas mais expostas, são as mais afetadas, face, pescoço, colo e braços.

Use óculos escuros, com proteção ultravioleta total, só esses, previnem as queimaduras da córnea, que causa dor, vermelhidão, lacrimejamento, fotofobia e sensação de areia nos olhos. A exposição prolongada pode ocasionar lesões e evoluir para perda total da visão, como perda da visão de detalhes da mácula e catarata.

Doenças de pele, as micoses, podem aparecer na pele, couro cabeludo e unhas, causadas por fungos. Para evitá-las, procure secar muito bem todas as áreas do corpo, principalmente região de dobras, não andar descalço em pisos constantemente úmidos, evitar calçados fechados o máximo possível, após a praia, tome um banho frio ou morno com sabonete neutro. O excesso de umidade entre os dedos e axilas, pode causar também coceiras e rachaduras.

Cuidados alimentares, atenção a seleção, conservação e a forma de preparo, pois a ingesta de alimentos contaminados ou mal conservados, podem causar diarreias e vômitos. Lave as mãos sempre antes de comer ou preparar as refeições, prefira frutas e alimentos embalados, evite gelo em locais que não se sabe a procedência do mesmo, opte por carnes bem cozidas, fuja de molhos e maionese.

Uso de repelentes! A umidade e o aumento da temperatura no verão faz com que os insetos se reproduzam e invadam os ambientes, por isso normalmente já está indicado o uso de repelentes a partir dos 6 meses de idade. Neste ano a atenção está redobrada frente ao maior vilão, o Aedes Aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya

O repelente deve ser aplicado somente nas áreas do corpo expostas, não aplique próximo aos olhos, nariz e boca, e no máximo 3 vezes por dia, para não causar intoxicação. Lave as mãos após o uso. Se for usar o filtro solar, espere secar e use o repelente 15 minutos depois, sempre por último. E tome um banho para remover o produto antes de dormir. E claro evitem água parada!

Seguindo as nossas dicas, tenho certeza que aproveitará o máximo seus dias!! Divirta-se e previna-se!!!