Entrevista  Ford tem boas perspectivas para VUCs

Entrevista Ford tem boas perspectivas para VUCs

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 27/08/2018

Hits: 7

Guilherme Teles, Supervisor de Marketing da Ford Caminhões, fala um pouco sobre as opções da marca para o segmento de VUCS e todo amparo que oferece ao transportador desde o momento da compra até as ações de pós-vendas e revisões

Texto: Carolina Vilanova | Fotos: Divulgação

Revista Frete Urbano: A Ford acredita no mercado de veículos utilitários leves, com modelos importantes como o com a Série F e os Ford Cargo de 8 e 11 toneladas, onde esses modelos são produzidos e qual a capacidade produtiva da fábrica para esses modelos?

Guilherme Teles: Os modelos são fabricados na planta da Ford em São Bernardo do Campo. Por questões estratégicas, não comentamos números de produção.

 

RFU: A rede de distribuidores Ford conta com quantos pontos no Brasil? Existe algum tratamento facilitado, ou um atendimento personalizado, para compradores de veículos urbanos de carga, ou seja, quem vai usar o veículo para o trabalho?

Guilherme: A Ford Caminhões conta com mais de 100 distribuidores, presentes em todo o território nacional. O atendimento é o mesmo para todos os nossos clientes, sem nenhuma distinção entre veículos ou segmentos de carga.

RFU: Hoje se fala muito em tecnologia e segurança. O que de mais avançado tecnologicamente pode ser destacado nos modelos da Ford para esse público específico?

Guilherme: A tecnologia presente nos Caminhões da Ford são as mais avançadas do mercado. No aspecto de segurança, podemos destacar os freios ABS com controle de tração e a tecnologia Ford Trac, responsável pelo monitoramento e telemetria. As tecnologias estão presentes em todos os modelos da Ford Caminhões.

RFU: A marca oferece test-drive destes modelos, o que é mostrado para o profissional neste momento?

Guilherme: O test-drive pode ser realizado na rede distribuidores Ford Caminhões. Mostrando como obter a melhor produtividade com o menor consumo de combustível.

RFU: Em relação a consórcio e financiamento para esse público… conte um pouco como funciona e como o profissional pode chegar nessas facilidades?

Guilherme: Oferecemos condições especiais de consórcio por meio do Consórcio Nacional Ford, além de opções de financiamento via CDC – Crédito Direto ao Consumidor, que inclui planos com taxas a partir de 0%. As condições estão disponíveis tanto para pessoa jurídica quanto pessoa física e podem ser contratadas diretamente por meio da rede de distribuidores da Ford Caminhões

RFU: A Ford tem uma posição muito agressiva em relação ao pós-vendas de modelos urbanos de carga. O que podemos destacar?

Guilherme: Podemos destacar o Programa Ford Service, que é o Contrato de Manutenção da Ford. Disponibilizamos para os nossos clientes e frotistas três tipos de pacotes: Class, Plus e Prime. O pacote Class contempla todas as revisões periódicas prevista no Manual do Proprietário. O pacote Plus contempla todas as revisões periódicas prevista no Manual do Proprietário mais as peças de desgaste natural. O pacote Prime contempla todas as revisões periódicas prevista no Manual do Proprietário mais as peças de desgaste natural e todos os tipos de reparos de manutenção.

Temos também o Ford Trac, que é um sistema de monitoramento onde é possível localizar on-line a posição do veículo. O cliente pode também ter acesso a informações de telemetria como velocidade do veículo, km, rotação do motor e outras informações que ajudam a avaliar o comportamento do motorista.

RFU: A marca oferece programa de revisões programadas, com preços das peças e serviços são fixados?

Guilherme: As revisões periódicas para o Cargo 816 são de 6 meses ou 40.000km para aplicação rodoviária, urbano e severa. No caso do Cargo 1119, na aplicação rodoviária são 6 meses ou 40.000 km e na aplicação severa ou urbana são 6 meses ou 18.000km, prevalecendo o que ocorrer primeiro. Os preços dos kits de peças e de serviços são bastante competitivos.

RFU: Ainda sobre manutenção, a linha de peças de peças originais da marca oferece muitas vantagens ao transportador. O que é oferecido neste segmento?

Guilherme: Dentro do conjunto de peças originais temos kits Motores MAXXI Força, que contemplam todas as peças necessárias para a reforma de um motor. Temos também kits de bomba d’agua, bomba doser, a linha de itens REMAN, como embreagens, bicos injetores, motores e transmissões.

RFU: Os kits de motores estão disponíveis em quais opções e qual é a economia do transportador ao adquirir esses produtos?

Guilherme: São 10 opções de kits com 12 possibilidades de combinações, dos caminhões leves até os pesados. A economia dos kits é grande quando se compara com as peças avulsas, com a vantagem do kit reunir as principais peças necessárias num único pacote, economizando tempo na reforma dos motores. Os kits são compostos de Jogos de Pistão, Jogo de Camisa dos Cilindros, Pino do Pistão, Jogos de Juntas Superior e Inferior, Kits de válvulas de admissão e escape.

RFU: Foi lançado recentemente um sistema de venda de motores remanufaturados à base de troca para os modelos das linhas Cargo e Série F fora do prazo de garantia, quais as vantagens para o transportador? Em relação a preço, fica melhor também?

Guilherme: A principal vantagem neste caso é a economia de tempo, pois em apenas 8 horas o veículo do cliente está pronto para rodar novamente. O cliente entrega o motor usado na base de troca e sai rodando com o motor REMAN. Isso representa produtividade para os nossos clientes, minimizando ao máximo o tempo parado do caminhão. Além disso, os motores REMAN comprados e substituídos em um distribuidor Ford possuem 12 meses de garantia original de fábrica em todo território nacional.

RFU: No plano de manutenção também é fornecido algum tipo de assistência fora da concessionária em caso de problemas com o veículo?

Guilherme: Durante a garantia o cliente tem direito ao SOS Ford, o qual poderá solicitar atendimento em qualquer local do Brasil. Dependendo da falha, é enviado um técnico credenciado do distribuidor Ford mais próximo da localização do caminhão para resolver o problema no local. Em casos mais críticos, é realizada a remoção do veículo para o distribuidor Ford mais próximo.

RFU: Como a marca enxerga o mercado nacional de veículos comerciais leves nesse momento e qual a perspectiva para o segundo semestre de 2018?

Guilherme: Enxergamos uma retomada de todo o mercado, em especial dos comerciais leves, quando comparamos com 2017, com boas perspectivas de manter esse crescimento no segundo semestre.