Futebol Brasileiro. Temporada 2017 começou

Futebol Brasileiro. Temporada 2017 começou

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 02/05/2017

 

A coluna Falando de esportes é escrita por Carlos Briotto, jornalista formado pela Universidade Metodista
A coluna Falando de esportes é escrita por Carlos Briotto, jornalista formado pela Universidade Metodista

Torcedor brasileiro respira futebol o ano inteiro. O calendário é extenso e são muitas as competições. A temporada começa em janeiro e termina em dezembro. É jogo o ano inteiro. Mesmo no período de férias, o mundo da bola em terras tupiniquins não para. Seja pelos jogos beneficentes e de exibição, promovidos por ex-jogadores ou pelos que ainda correm nos gramados, seja pela movimentação do mercado com os clubes procurando se reforçar visando à próxima temporada. O fato é que o futebol é dinâmico. Pausa, só no carnaval.

O calendário de competições começa com os campeonatos regionais e com a Copa Verde e do Nordeste. Depois entram as primeiras fases da Copa do Brasil, Libertadores e Sul-Americana. Já em maio – e percorrendo todo o segundo semestre – começa o campeonato brasileiro das séries A, B, C e D.

E para quem não quer perder nada, a Revista Frete Urbano traz um raio x do que vai rolar em 2017. Confira:

 

Conheça um pouco dos principais campeonatos

– Campeonatos Estaduais (principais)

Paulista: com 115 anos de história, o campeonato paulista é disputado desde 1902. O primeiro campeão foi São Paulo Atletic Club. O último, o Santos (2016). Com 27 conquistas, o Corinthians é o time com maior número de títulos, seguidos de Palmeiras e Santos com 22.

Carioca: no Rio de Janeiro, o evento ocorre desde 1906. São 111 anos de disputa, mesmo com os times cariocas sendo de fundação mais antiga que o paulista. Por se tratar estado litorâneo, os principais clubes da cidade (Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo) tinham suas atividades voltadas aos desportos aquáticos. O primeiro campeão carioca foi o Fluminense e o atual é o Vasco da Gama.  Em relação ao número de títulos, Flamengo (34) leva vantagem sobre o Fluminense (31) e Vasco (24).

Mineiro: com início em 1915, o seu maior campeão é o Atlético, com 43 conquista, seguido de Cruzeiro (36) e o América (16). Duas curiosidades sobre esse campeonato. O América é a única equipe com dez títulos seguidos (decacampeã) e, assim, como o Estado de São Paulo, Minas também teve o seu Palestra Itália. Quem representava as cores italianas em solo mineiro era o Cruzeiro, que assim como o Palmeiras, teve que mudar o nome por causa da Segunda Guerra Mundial.

 

– Campeonatos Nacionais

Campeonato Brasileiro: controvérsias a parte, após a unificação do Campeonato Brasileiro (Taça Brasil, Torneio Roberto Gomes Pedrosa e Campeonato Brasileiro) o Palmeiras passou a ser o maior vencedor  com nove conquistas, seguido de Santos (oito) e São Paulo e Corinthians (seis), hegemonia paulista. São, portanto, 61 edições. O primeiro Campeão foi o Bahia em 1959 e o último o Palmeiras em 2016. As equipes que disputam o Brasileirão estão de olho em três grandes objetivos. Sem dúvida o primeiro é o título nacional, que dá projeção e fama ao clube. O segundo são as vagas para a Copa Libertadores, que este ano subiu de cinco para sete. O terceiro grande objetivo, que antes passava despercebido e agora se mostra atrativo, é a premiação pela conquista do campeonato.  Desde o ano passado CBF turbinou a premiação. O Palmeiras, campeão de 2016, levou para casa um prêmio de R$ 17 milhões, R$ 10 milhões a mais que o campeão de 2015.

Copa do Brasil: diferente do Campeonato Brasileiro em que a participação se dá pelos 20 maiores clubes nacionais, a Copa do Brasil se inspirou nas copas europeias como a Copa do Rei da Espanha ou  Copa da Inglaterra. Neste tipo de competição a participação é mais democrática, dando oportunidade a clubes de menores expressões, tamanhos e divisões. Este campeonato começou em 1989 com a participação de 32 clubes e o Grêmio como o primeiro campeão. Hoje, na sua 29ª edição, a competição contará com 91 clubes, número recorde de participações.

 

– Campeonatos Internacionais

Copa Libertadores da América: o torneio mais importante das Américas teve início em 1960 e o Peñarol, do Uruguai, o primeiro campeão. Em 2016¸o campeão foi o Atlético Nacional, da Colômbia. Ao longo das 57 edições, os argentinos são os maiores campeões com 24 conquistas, seguidos de Brasil (17) e Uruguai (oito). Entre os clubes, o maior vencedor foi o Independiente, da Argentina. Do Brasil, o maior campeão é o São Paulo com 3 conquistas.

Copa Sul-Americana: torneio que começou sem grande interesse para as equipes brasileiras, começou a ter importância no momento em que o campeão passou a garantir vaga para a Libertadores. O grande momento desta competição não ficou marcado no campo esportivo, mas sim marcado pela tragédia ocorrida em 2016 com a queda o avião que vitimou toda a equipe da Chapecoense.