Mercedes-Benz Vito: pequeno grande VUC

Mercedes-Benz Vito: pequeno grande VUC

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 12/09/2016

Hits: 8

Testamos o comercial leve da MB, que tem espaço para carga, motor eficiente e a possibilidade de ser utilizado por motoristas com CNH B, sem restrição de circulação

Texto e fotos: Carolina Vilanova

O comercial leve Mercedes-Benz Vito chegou no nosso mercado no ano passado, com a promessa de ser mais um dos grandes sucessos da marca alemã no Brasil, tanto no segmento de transporte de passageiros quanto de carga.

Para a distribuição na cidade, a versão Furgão 111 CDI, tem suas vantagens: pode ser dirigida por motoristas com CNH da categoria B, circula sem restrição, conforme o rodízio de placas, além de ser versátil no trânsito e na hora de estacionar.

O furgão Vito 111 CDI, para a MB, é mais uma solução para o empreendedor que faz entregas em cidades e em curtas distâncias. É indicado para frotas e autônomos, e pode ser aplicado numa variedade de prestação de serviços, como cargas fracionadas (e-commerce), floriculturas, lavanderias, cargas refrigeradas, buffets, pallets, oficinas, unidades móveis, showroom móvel, pet shops, delivery, eventos, profissionais liberais, ambulância, entre outros.

Mercedes-Benz Vito: pequeno grande VUC
Mercedes-Benz Vito: pequeno grande VUC

Suas medidas são generosas: possui 5.140 mm de comprimento, 2.249 mm de largura (incluindo retrovisores), 3.200 mm de distância entre eixos e tem como diferencial a altura de 1.910 mm de altura. Com essas dimensões, acessa a maioria dos lugares com restrição de medidas, o que inclui estacionamentos de shoppings, hotéis, etc.

Na cabine do Vito cabem confortavelmente três pessoas, e no compartimento de carga, o volume é de carga de 6 m³ e carga útil de 1225 kg, sendo que a altura interna é de 1.392 mm e o comprimento da área de carga chega a 2.831 mm.


Mecânica alemã

De baixo do capô, o furgão leva o motor turbo diesel OM 622 LA de 4 cilindros e 1,6 litro de cilindrada, capaz de gerar 114 cv de potência a 3.800 rpm, com torque máximo de 270 Nm entre 1.500 e 2.500 rpm.

Eficiente, proporciona baixo consumo de combustível, e um desempenho notável para um furgão, inclusive em ladeiras, estando adequado à norma PROCONVE L6 de emissões veiculares.

Mercedes-benz---Vito-4

Completando o trem de força, o Vito conta com transmissão manual de 6 velocidades, fácil de operar e bastante confortável. Outro destaque do modelo é a direção elétrica de série, o que deixa tudo mais fácil na hora de realizar manobras… só falta um sensor de ré ou uma câmera, que não é oferecida como acessório original.

A suspensão na dianteira e na traseira são independentes, com molas helicoidais, amortecedores e barra estabilizadora, além dos freios a disco em todas as rodas, sendo que os discos frontais são autoventilados.

Segurança foi colocada na prioridade quando o Vito foi desenvolvido, e oferece, de série, um generoso pacote de itens tecnologia: assistente de monitoramento de cansaço, assistente de partida em rampa, assistente de vento lateral, a mais moderna versão do Programa Eletrônico de Estabilidade exclusivo da Mercedes-Benz, o ESP Adaptativo 9.1i® (que reúne ABS, ASR, BAS e EBV) e luzes de freio adaptativas na traseira que sinalizam uma frenagem de emergência para o condutor do veículo que vem atrás.

Mercedes-benz---Vito-3

É tudo o que um legítimo Mercedes-Benz precisa para rodar com tranquilidade e conforto, onde ainda se somam um interior amplo, com porta-trecos e comandos ergonômicos, além do kit multimídia com rádio, bluetooth e entrada USB e de cartão. Quase um veículo de passeio, mas voltado para o transporte de carga, driblando a mobilidade com um jeitão alemão de ser.