Mercedes-Benz Vito: um automóvel (de luxo) de carga

Mercedes-Benz Vito: um automóvel (de luxo) de carga

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 11/05/2018

Imagine ter um veículo de carga, que você usa exaustivamente no seu negócio, e quando chega no final de semana, você o carrega de utensílios recreativos, coloca sua esposa ou esposo do lado e: partiu praia! E tudo isso com aquela estrela tão almejada brilhando na grade dianteira.

Estamos falando do Mercedes-Benz Vito, um VUC que mudou o jeitão do transporte de cargas e de passageiros no Brasil com sua chegada em 2015, e abriu a porteira para que outras marcas viessem forte no mesmo segmento e com a mesma proposta.

Na Europa, é um sucesso até mesmo em versões mais elaboradas, como a e-Vito, o primeiro veículo em produção em série com motorização elétrica e a estratégia “eDrive@VANs”, que deve chegar às ruas no segundo semestre de 2018.

Mercedes-Benz Vito: um automóvel (de luxo) de carga

A primeira grande vantagem do Vito é poder circular a qualquer hora e ser dirigido por motoristas com CNH da categoria “B”, a mesma usada para dirigir automóveis. Nós testamos o modelo na versão furgão, distribuindo as edições da Revista pela cidade de São Paulo. E olha que encher o compartimento de cargas com revistas é um teste e tanto em relação ao desempenho do veículo com peso. E podemos dizer que o Vito passou com louvor.

O furgão Mercedes-Benz Vito 111 CDI é uma ótima opção para diversos tipos de negócios, não apenas para transportadoras. Pequenos estabelecimentos que precisam fazer entregas, distribuições e carregar produtos variados têm no modelo uma solução bastante eficaz. Também encontramos muitos modelos transformados em unidades móveis, food trucks, show rooms, ambulâncias, etc.

O motor é um turbo diesel de 1.6l, com injeção direta e capacidade para gerar 114 cv de potência a 3.800 rpm e torque de 27,5 kgfm, começando em 1.500 até 2.500 rpm. Usa um câmbio bastante macio de seis marchas e tem tração dianteira. A boa dirigibilidade vem ainda por conta de uma direção elétrica variável em função da velocidade, o que deixa fácil para manobrar e estacionar.

Diante do volante, o motorista tem uma boa posição, elevada e bem parecida com a de um automóvel. Dentro da cabine conta com muita funcionalidade, com comandos de fácil alcance, onde encontra o rádio com Bluetooth de série e entrada USB e para cartão SD.

Segurança? Tem muita, aliás, uma prioridade para a marca alemã foi rechear o Vito de sistemas modernos e eficazes, como Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP Adaptativo 9.1i®), que, segundo a Mercedes, reduz expressivamente as chances de derrapagem, colisão e capotamento do veículo, já que otimiza a atuação de dispositivos de segurança como ABS, controle de tração (ASR), sistemas de assistência de frenagem (BAS) e EBV e freios secos.

Temos ainda de série o Assistente de monitoramento de cansaço (Attention Assist), o Assistente de partida em rampa (Hill Start Assist) e o Assistente de vento lateral (Crosswind Assist), que ameniza o efeito de ventos laterais, fazendo com que o veículo permaneça em sua trajetória.

Apesar das medidas generosas internamente e um ótimo volume de carga de 6 m³, capaz de transportar uma carga útil de até 1.225 kg, o Vito tem por fora dimensões que facilitam sua entrada em supermercados, estacionamentos de shopping centers, hospitais, etc. A abertura das portas laterais e traseira ajudam na hora de carregar e descarregar o veículo.

E para completar, o Vito ainda conta com a proteção divina, afinal, o primeiro modelo produzido na Argentina em 2015 foi abençoado pelo Papa Francisco. É de lá que vem os veículos que rodam no Brasil.

 

Ficha técnica

Motor: OM 622 Turbo Intercooler
Combustível Diesel
Cilindrada 1.598 cm³
Potência 114 cv a 3.800 rpm
Torque 27,5 kgfm de 1.500 a 2.500 rpm
Transmissão Manual, 6 Marchas
Tração Dianteira
Direção Elétrica
Rodas e Pneus 195/ 65R 16C
Freios Freios à disco nas quatro rodas, com dois discos ventilados
Suspensões Dianteira independente, tipo McPherson, com conjunto de molas helicoidais, amortecedores e barra estabilizadora. Traseira independente com conjunto de molas helicoidais, amortecedores e barra estabilizadora. Oferece controle eletrônico de estabilidade adaptativo.
Tanque de combustível 70 litros

 

Dimensões e Pesos

Entre-eixos 3.200 mm
Largura 1,928 mm
Comprimento 5140 mm
Altura 1,910 mm
Carga útil 1.225 kg
Peso Bruto Total (PBT) 3.050 Kg