Meu animal: Pulgas e Carrapatos, o que fazer?

Meu animal: Pulgas e Carrapatos, o que fazer?

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 02/05/2018

Hits: 8

 

A coluna Meu animal é escrita por Ana Julia L. Cagnassi
A coluna Meu animal é escrita por Ana Julia L. Cagnassi

As pulgas e os carrapatos estão presentes na vida de todos os cães e gatos, sem exceção. Sua completa eliminação é extremamente difícil. A boa notícia é que existem milhares de produtos ectoparasiticidas veterinários para cães e gatos que controlam e previnem o aparecimento desses parasitas nos nossos pets.

O meu animal de estimação estava com pulgas, isso quer dizer que a minha casa é suja? Claro que NÃO! As pulgas estão por todo lugar, se movimentam com muita agilidade e de acordo com cientistas que publicaram um estudo na Universidade de Cambridge, elas pulam 200 vezes a altura do seu corpo. Depois que adentram nossas casas, elas se espalham facilmente e rapidamente. No inverno, o risco de infestação diminui, mas existem muitos lugares escondidos e quentes onde as pulgas permanecem vivas.

As pulgas adultas estão constantemente procurando um hospedeiro, quando levamos nosso cãozinho para passear, é inevitável que a pulga se sinta no paraíso, com sangue fresco a disposição e um lugar seguro para fazer postura de ovos. Além dessa fonte, nossos cães, quando em contato com outro animal infestado, podem se tornar hospedeiros. A coceira que as pulgas causam podem levar a diversos problemas para os nossos pets, como problemas de pele, infecções secundárias ou até doenças mais graves.

Os carrapatos são menos frequentes dependendo da região onde você mora, porém são ainda mais perigosas. Os carrapatos são atraídos pelo movimento e temperaturas quentes, eles não voam ou saltam, então para se movimentarem, eles escalam cercas e vegetação esperando pelo momento mais oportuno de alcançar um hospedeiro.

Os carrapatos transportam diferentes microorganismos patogênicos e através da sua mordida, podem transmitir diversas doenças graves aos cães e gatos. Uma das melhores maneiras de controlar os carrapatos é evitá-los. Durante o verão, tente não fazer caminhadas em lugares com muita vegetação e evite locais com a grama e arbustos muito altos.

Se você encontrar um carrapato em seu bicho de estimação, nunca tente retirar com as mãos. Devemos tomar alguns cuidados para fazer isso da forma adequada, por isso, siga as seguintes instruções:

1- Leve o animal para um ambiente calmo e familiar a ele.

2- Usando luvas, separe o pelo do animal para procurar o carrapato.

3- Remova o carrapato utilizando uma pinça fina segurando-a pela cabeça. Nunca segure o corpo, você correrá o risco dela se partir e uma parte ficar presa no animal.

4- Jogue o carrapato dentro de um copo com álcool, depois que ela parar de se movimentar, jogue no vaso sanitário.

5- Use um produto carrapaticida para prevenir outros parasitas.

6- Leve o animal ao Médico Veterinário para realizar alguns exames e assegurar a saúde do seu pet.

Meu animal: Pulgas e Carrapatos, o que fazer?
Meu animal: Pulgas e Carrapatos, o que fazer?

Como prevenir a infestação de pulgas e carrapatos? Existem quatro produtos comuns, que podem ser igualmente eficazes se usarmos corretamente seguindo as instruções de um Médico Veterinário. O tipo de produto deve ser escolhido dependendo da idade do animal, preferência do dono, tipo de administração, custo, frequência do tratamento, nível da infestação e saúde em geral. Confira os principais:

1- Pipetas e sprays anti-pulgas, devem ser espalhados na pele do animal. A maioria tem a duração de 30 dias.

2- Coleiras anti-pulgas, dependendo da coleira, podem durar até 8 meses.

3- Comprimidos e tabletes via oral, dependendo do produto, duram de 4 a 12 semanas.

4- Xampus e sabonetes anti-pulgas, são mais usados para causar um efeito imediato e higiênico, porém possuem pouca duração.

Outra forma de controle, que é tão importante e essencial quanto o controle no próprio animal, é o controle ambiental. Apenas 5% desses parasitas estão no animal, os demais 95% estão no ambiente, nas frestas de pisos, madeiras, gramas, tapetes, carpetes e até na própria caminha dos pets. Sendo assim, podemos usar produtos disponíveis no mercado para o controle ambiental, vassoura de fogo que destrói todos os carrapatos e pulgas, e passar o aspirador de pó duas vezes por semana, que também ajuda nesse controle.

Lembre-se que alguns produtos podem ser específicos para apenas uma espécie, ou seja, os rotulados para cães podem conter princípios ativos tóxicos para os gatos. Outro tópico importante é que nem todos os produtos comerciais controlam a infestação por pulgas e carrapatos ao mesmo tempo, alguns são específicos para apenas um parasita. Não se esqueça de olhar sempre o rótulo do produto e siga sempre as instruções do seu Médico Veterinário de confiança.