Público qualificado

Público qualificado

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 04/03/2016

Num ano atípico, a Fenatran mostrou que tem visitantes mais do que interessados no setor de transportes, um dos mais importantes do país

Texto: Carolina Vilanova  |  Fotos: Divulgação

Apesar da crise, que deixou de fora as principais montadoras do país, a Fenatran não se mostrou intimidada. Em sua 20ª edição, o Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas cumpriu seu objetivo de trazer novidades para um público mais do que interessado e proporcionar novos negócios.

evento2_446X400

Realizada entre os dias 9 e 13 de novembro, no Parque de Exposições do Anhembi, em São Paulo/SP, a Fenatran logo de cara, na cerimônia de abertura deu boas notícias para o setor: a reabertura do PSI e convênio da Caixa Econômica Federal para compra de implementos rodoviários.

O anúncio foi feito pelo presidente da Anfavea, Luiz Moan, confirmando que o governo federal reabriria o Finame-PSI do BNDES até o fim de novembro. Conclusão, aquele clima de desolação pela falta das principais montadoras como expositoras deu vez a uma animação de que o mercado vai melhorar e foi fundamental para a realização de negócios durante o evento.

evento3_446X400

A Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento, que já confirmou a realização da 21ª Fenatran em 2017, contabilizou 320 empresas expositoras, entre fabricantes de caminhões, implementos, autopeças, produtos e serviços de gestão e rastreamento de frotas, equipamentos, etc. E o público chegou a 50 mil visitantes, com a presença, inclusive, de centenas de estrangeiros.

João Paulo Picolo, diretor do evento, destacou que a organização focada em geração de negócios, em parceria com as entidades apoiadoras, foi vital para o sucesso. “Cumprimos nosso compromisso com o mercado e entregamos todos os projetos com excelentes resultados. Os principais compradores do setor estiveram na Fenatran, e tiveram a experiência única de encontrar os melhores produtos em um só local, rentabilizando e economizando em seus negócios. Tivemos uma agenda de compra e venda muito consistente”.

evento4_446X400

Expositores

A verdade é que a avenida principal do pavilhão não esteve tomada pela grandiosidade dos estandes das montadoras nacionais. Pelo contrário, com a ausência da maioria delas, a Volvo e a DAF, as duas únicas representantes, encheram os olhos do público e aproveitaram para destacar suas atrações.

Outras empresas, principalmente, as de implementos uniram forças para de destacar na Fenatran. Segundo a Anfir – Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, foram registradas aproximadamente 6 mil oportunidades de negócios. “O resultado mostra que a decisão das empresas de comparecerem à Fenatran foi acertada”, afirmou Alcides Braga presidente da entidade.

evento5_446X400

E mais comemorações: a presidente da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, assinou no estande da Anfir o convênio para financiamento de até 90% do valor de compra para implementos, por meio de uma linha de crédito que chega a R$500 milhões.

Entre os principais expositores destacamos: Volvo Caminhões e DAF, Randon, Noma, Librelato, TruckVan, Rossetti e Guerra, além de produtos e soluções inovadoras de empresas como Valecard, Pamcard, Autotrac, Alcoa, AngelLira, Continental, Frum, truckpad, busca cargas e entre outros.

evento6_446X400

Atrações

Além das atrações dos estandes, para ganhar ainda mais a atenção dos visitantes, a Fenatran trouxe uma série de atrações e encontros voltados à geração de negócios e atualização profissional. Um dos mais importantes foi o I Congresso Fenatran, que reuniu mais de 150 participantes, que ganharam conteúdo e conhecimento de personalidades do setor.

Outro destaque foi a Ilha do Conhecimento, instalada dentro do pavilhão, que ofereceu 22 horas de conteúdo gratuito para atualização profissional. Além disso, foi organizada a Caravana de Compradores, e o Premium Club, programa de compradores que contou com serviço de concierge, para acompanhar os compradores até o estande das empresas que os convidaram para o evento. Segundo a Reed, o projeto Encontro de Negócios propiciou reuniões programadas entre compradores e expositores e movimentou R$ 16,4 milhões em 150 reuniões.

evento7_446X400

A 20ª edição foi um sucesso sem dúvida, mas vai ser tudo diferentes na próxima Fenatran, esperamos um mercado mais aquecido para encher o novo pavilhão onde será realizada a feira, que deixa o Anhembi depois de 40 anos. É esperar para ver!