Frete Drive: Avaliação Fiat Toro Flex

Frete Drive: Avaliação Fiat Toro Flex

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 29/10/2018

Avaliação da Fiat Toro Freedom 1.8 16V Flex AT6: uma picape urbana com agilidade para o trabalho, oferecendo capacidade de carga de 650 Kg. Destacamos o belo desenho dos faróis e a tampa da caçamba com portas bipartidas.

A primeira coisa que a gente vê quando olha para o Fiat Toro é o belíssimo conjunto ótico dianteiro. Nenhum outro utilitário nacional tem esse desenho tão moderno e exclusivo. Por isso, começamos a nossa avaliação desta picape médio-compacta, modelo já com viés ítalo-americano – foi um dos primeiros produtos depois da fusão entre Fiat e Chrysler – pelo seu original design, que já ganhou diversos prêmios, e foi desenvolvido totalmente no Brasil.

A ideia era mesmo deixar o “olhar” como marca registrada do modelo, que segundo a engenharia da marca tem o intuito de ressaltar a impressão de velocidade, elegância, força e suavidade. O que reflete em modernidade e sofisticação. E estamos falando de primeira impressão, hein.

E todo o conjunto combina muito bem, com dinamismo e linhas marcantes, que escorregam pela lateral até a traseira do carro. Onde encontramos outro destaque nas lanternas e na tampa da caçamba com portas bipartidas, que reforçam ainda a robustez do utilitário.

Desde seu lançamento, o Fiat Toro agradou os motoristas de passeio e transportadores por ser um veículo que reúne conforto e robustez, ou seja, é versátil para ir do lazer ao trabalho sem fazer esforço. O que pode ser conferido pela carroceria forte, com suspensão independente nas quatro rodas, que roda com perfeito silencio e conforto interno.

A grande caçamba tem volume para 820 litros, mas pode ganhar opcionalmente ainda mais 405 litros quando acoplada ao extensor, um acessório da marca, que aumenta o comprimento da caçamba. A capacidade de carga é de 650 Kg e um detalhe importante é o amplo tanque de combustível, nesse caso flex, de 60 litros.

Nossa versão, a Freedom 1.8 16V Flex AT6, é a de entrada, e já vem bem completa para conforto e segurança do transportador. E olha que rodando pelo Ceagesp a gente já vê esses carros na lida, afinal, durante a semana pode ser utilizado para o trabalho, devido a sua estrutura forte, e no final de semana é uma picape bacana para curtir com a família e amigos, em grande estilo.

Primeiro o design, e em segundo a lista excelente de equipamentos tecnológicos agradam o transportador mais exigente, mesmo na versão de entrada. O modelo tem uma posição de dirigir alta, o que remete a um utilitário de luxo. Seguindo este mesmo sentido, os botões para acionamento desses recursos são fáceis e têm ajuda do volante multifuncional e um computador de bordo completo e o rádio Conect.

Destacamos o importante e útil piloto automático com controlador de velocidade e o quadro de instrumentos personalizável de 3,5 polegadas em TFT. Para ajudar na segurança, estão o sensor de estacionamento traseiro, o ESC (controle eletrônico de estabilidade) e o Hill Holder (auxiliar de partida em subidas).

Para impulsionar o Fiat Toro Freedom, o motor 1.8 E.torQ Evo Flex de 16V, que foi melhorado para ajudar na economia. Um dos aprimoramentos foi o VIS (Variable Intake System), que segundo a engenharia da Fiat, é uma tecnologia que permite variar o fluxo de ar dentro do coletor de admissão, trazendo mais torque em qualquer rotação. Tem boas retomadas, é ágil e gasta menos combustível que a versão anterior, definitivamente.

Completando, o eficiente câmbio automático de 6 marchas e um lembrete: essa versão vem com tração dianteira.