Mercedes-Benz e sua mensagem ao transportador

Mercedes-Benz e sua mensagem ao transportador

Posted by: Carolina Vilanova
Em: 12/06/2020

Mercedes-Benz e sua mensagem ao transportador. O que a Mercedes-Bens Caminhões preparou para o transportador nesse momento de quarentena? Veículos urbanos de carga não podem ficar em casa pois deles dependem o abastecimento de insumos para toda a sociedade. Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil dá seu recado para que os motoristas motoristas não parem, sigam seguros por enquanto e saiam dessa mais fortes!

Veja aqui sobre o modelo Mercedes-Benz Accelo 1316 com câmbio automatizado

Leia ainda:

O Accelo é um caminhão leve que tem a posição de dirigir como um grande benefício, aliás, a Mercedes-Benz chama a cabine do modelo de Home Office, um verdadeiro escritório onde o motorista é o executivo. E bem confortável, com o volante parecendo de automóvel, a coluna de direção ajustável e vários porta-objetos, inclusive com encosto tipo “mesa”.

Ainda dentro da cabine está nossa novidade, pelo menos a parte operacional dela: o câmbio automatizado, manuseado por uma pequena alavanca central. Outro detalhe é a eliminação do pedal de embreagem, que é acionada sem auxílio do motorista

O câmbio automatizado foi desenvolvido por meio da parceria entre a marca alemã e a Eaton, especialmente para o Accelo. Os modelos 1016 e o 1316 utiliza a versão Eaton 6206A, enquanto a versão 815 usa o Eaton 6106A. Ambos são câmbios de 6 marchas, com escalonamento inteligente, com primeira reduzida de 6,20 e última marcha com overdrive 0,78.

Mercedes-Benz e sua mensagem ao transportador

A estrutura do câmbio automatizado do Accelo é a mesma de um câmbio manual, ou seja, uma caixa mecânica acoplada a uma espécie de robô que faz a seleção das marchas, na hora certa, analisando as condições de aceleração e outros parâmetros no momento da condução, otimizando inclusive o consumo de combustível.

Os testes da Mercedes-Benz mostram que essa redução de consumo pode atingir até 3% em operações urbanas, por conta da automatização e inteligência aplicada no câmbio. Uma ótima opção para caminhões que circulam nas cidades, onde as trocas de marchas são constantes, aliviando o estresse do motorista e tornando a condução mais segura.

Na operação, o câmbio oferece dois modos de condução: função Eco (mais econômica) e Power (para situações de subidas/serras e ultrapassagens). A engenharia da marca explica que o equipamento tem um sistema que reconhece a inclinação da pista e a carga do veículo, realizando a troca de marcha de forma mais correta e adequada de acordo com as condições de pista e do veículo.

Também conta com o auxílio de partida em rampa, um dispositivo que ajuda na operação do veículo e aumenta a segurança. A manutenção ganha por conta de dois tópicos: o prolongamento da vida útil da embreagem, que dura pelo menos duas vezes mais e da proteção do trem-de-força em relação a trancos e eventuais erros de operação.

O Accelo vem equipado com motor Mercedes-Benz OM 924 LA de 4,8 litros, um conjunto robusto que consegue atingir até 610 Nm de torque. O tanque adicional de combustível de 150 litros eleva para 300 litros a capacidade total do caminhão, o que permite mais autonomia. O modelo usa 25 litros de Arla 32 para reduzir as emissões de poluentes.

O line up do Mercedes-Benz Accelo, já disponível nas com concessionárias com câmbio automatizado é o seguinte: Accelo 815 com 8.300 kg de PBT – peso bruto total, Accelo 1016 com 9.600 kg de PBT e o médio Accelo 1316, que possibilita 13.000 kg de PBT.